Como renegociar o pagamento de empréstimos?

Como renegociar o pagamento de empréstimos?

Muitos não sabem, mas é possível renegociar pagamento de empréstimos e, além de pagar menos dinheiro, ter condições mais favoráveis de pagamento. Saiba como!

Muitos brasileiros, infelizmente, acabam se perdendo nas dívidas, que só vão aumentando cada vez mais, fazendo com que não haja nenhuma chance de controle financeiro. Por isso, renegociar o pagamento de empréstimos é um mecanismo muito útil para conseguir limpar o seu nome e ter uma vida financeira mais tranquila.

Hoje em dia existem diversas opções de empréstimos online que facilitam as condições do empréstimo diretamente pela internet, por exemplo. No entanto, muita gente não sabe que é possível utilizar esse recurso e, com isso, economizar muito dinheiro.

Pensando nisso, preparamos um guia que vai te ajudar a entender como esse mecanismo funciona e como colocá-lo em prática.

Como funciona a renegociação de empréstimos?

Renegociar um empréstimo nada mais é que trocar uma dívida cara por outra mais barata. Dessa forma, ainda que você tenha que arcar com as despesas, você acaba gastando menos dinheiro.

Por exemplo: um cliente  contraiu um empréstimo de 10 mil reais com o banco X e, com os juros do empréstimo, teria que pagar, ao final do prazo, 15 mil reais. No entanto, esse cliente vê que acabaria pagando 50% a mais que o valor que recebeu e, com esses números, aborda outra instituição financeira.

Assim, a instituição financeira Y oferece uma renegociação do empréstimo: ela paga o empréstimo adiantado (e recebe um desconto por isso) e cobra do cliente uma taxa de juros menor, totalizando R$ 13 mil, por exemplo.

Portanto, o cliente fica satisfeito com a redução dos juros de 50% para 30%, a instituição X recebe seu pagamento e a instituição Y recebe juros, ainda que menores. Trata-se de um mecanismo que beneficia todos os lados da operação.

Quais os benefícios de renegociar empréstimos?

Primeiramente, ele permite que a pessoa endividada troque uma dívida cara por uma mais barata, pagando menos dinheiro no final do processo. Assim, ela consegue uma taxa de juros menor, fazendo com que a dívida pare de crescer. Mesmo uma redução de 1 ou 2% já é capaz de diminuir drasticamente o valor, por conta da ação dos juros compostos.

A pessoa com dívida pode, então, evitar que ela cresça ainda mais, pagando-a de vez e tendo maior estabilidade financeira. Isso permite que ela limpe seu nome e possa, por exemplo, financiar uma casa ou um carro, além de conseguir melhores taxas de juros (afinal, os bancos cobram dívidas maiores de quem já tem dívidas, por conta da menor chance de pagamento).

Esse pode ser o primeiro passo de muitas pessoas para encontrar um controle financeiro e, com o tempo, atingir a independência financeira. Ou seja: esse é todo um processo que dá mais alívio ao antigo devedor, que pode voltar a controlar suas finanças.

Confira também sobre como funciona o crédito com garantia de investimentos?

Como renegociar um empréstimo?

Existem duas formas de renegociar as dívidas: a primeira é através da própria instituição, que pode verificar condições mais favoráveis para o pagamento. Por exemplo: ela pode aumentar o número de parcelas para que elas possam ser pagas com mais facilidade ou dar um prazo maior para o pagamento das próximas parcelas.

No entanto, é preciso estar sempre atento, pois o empréstimo permanece por mais tempo, fazendo com que o cliente precise pagar mais dinheiro. Além disso, muitas instituições têm ocasiões especiais como feirões, em que elas renegociam dívidas e empréstimos através de condições mais favoráveis, como menores taxas de juros. Essa é uma época muito propícia à diminuição dos gastos.

Outra possibilidade é fazer portabilidade de uma instituição para outra. Assim, esta segunda instituição financeira assume o débito e oferece condições mais favoráveis, fazendo com que o cliente tenha mais opções na hora de pagar. Dessa forma, é possível pagar menos juros e, no fim das contas, ter mais dinheiro para controlar o orçamento e para ter um planejamento financeiro adequado.

Fredson

Fredson

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

O que é Governança de TI?

O que é Governança de TI?

Estabelecimento de padrões e procedimentos relacionados à tecnologia da informação, responsabilidade financeira, recuperação de desastres, confidencialidade e reten...

Ler artigo