Como Criar um Site no WordPress?

Como Criar um Site no WordPress?

Quem diria que a internet se tornaria o que é hoje? Pode parecer estranho, mas que nasceu a 30 ou até mesmo 25 anos atrás, não imaginaria a internet como algo além de uma ferramenta simples para atividades de recreação.

Hoje é praticamente impossível resolver qualquer problema sem ter que recorrer à rede mundial de computadores. E de fato isto é ótimo, sendo muita informação de graça e para todos.

Qualquer um que entende o potencial e a necessidade da internet no dia a dia acaba também entendendo o que é de fato ter um site para sua empresa ou negócio. Sem contar as milhares, senão milhões de pessoas todos os anos que começam a empreender diretamente na internet.

Por isso, saber como ganhar agilidade e uma estrutura mais robusta em seu site é algo essencial.

O WordPress é uma ferramenta de gestão de conteúdo (CMS em sua sigla de inglês). Com ele é possível criar sites incríveis em tempo record, sem contar a capacidade de criar um número enorme de funcionalidades mesmo sem precisar saber nada de programação.

Mas você saber como criar um site no WordPress? Tem ideia de por onde começar?

Então, hoje resolvi trazer para você um pequeno guia que mostra todas as ações básicas para que você saia do zero e tenha 100% de capacidade de criar um site sozinho. Vamos conferir?

Primeiramente eu só gostaria de dar uma dica básica. Se você está procurando aprender a mexer no WordPress, mas tem dificuldades com um computador, então o melhor mesmo é começar com um bom curso de informática.

Assim você terá a habilidade de resolver os principais problemas que aparece no caminho.

Dito isto, vamos ao nosso guia!

Como criar um site no WordPress?

Primeiramente é importante entender o que é um site. Assim você vai entender melhor alguns termos que serão utilizados aqui.

Como Criar um Site
Fonte da imagem: Pexels

Um site, é nada mais, nada menos, do que um arquivo de texto, bem parecido com os que você cria no Word ou Google Docs, utilizando linguagens de marcação chamadas de HTML e CSS.

A interatividade deste site normalmente é feita através de linguagens de programação como o JavaScript, PHP e Java.

Todos estes arquivos se unem para criar um site igual ao que você está vendo agora. 

Então o trabalho do seu navegador, seja ele o Google Chrome, Firefox ou Microsoft Edge é ir até um computador chamado de servidor, que possui os arquivos do site e pedir a ele que os entregue para ser exibido.

Sempre que alguma ação precisar retornar uma resposta, o computador envia um sinal ao servidor e ele responde. O tempo todo há uma conexão entre o seu navegador e o servidor com os arquivos.

Confira: 5 dicas para obter o Máximo de Seguidores no Instagram

1 – Contrate um de domínio e uma hospedagem

Estes são os dois serviços essenciais para começarmos. O serviço de domínio irá dizer ao seu navegador onde os arquivos do seu site estão, através de um nome específico que chamamos de domínio.

Este é o nome do site como por exemplo “www.site.com.br”. Mas por si só o serviço não faz nada além de apontar onde os arquivos do site com este nome ficam. Se você não tem uma hospedagem de site, você terá o direito ao nome, mas ficará sem nada para retornar.

Então, você precisa de um serviços de hospedagem de sites, onde poderemos ter todos os nossos arquivos salvos. 

Ao contratar os dois serviços no mesmo local você consegue apontar o domínio automaticamente para a hospedagem, mas é possível fazer isso manualmente.

Ambas as empresas prestadoras não terão problema em te dar o suporte para isto.

2 – Instale o WordPress

Em resumo o WordPress é um sistema, ou melhor programa, que precisa ser instalado para gerar toda a parte de código que você não utiliza. O melhor de tudo é que ele é um sistema de código aberto e por isso é gratuito, sendo oferecido pelo sistema de hospedagem.

Assim que você instalar, poderá ver que um esboço de site já aparece quando você digita seu domínio. Entretanto, se você contratou um domínio hoje, pode demorar cerca de 1 ou 3 dias até que ele se propague pela internet, sem pânico.

Se o seu serviço de hospedagem não oferece a instalação do WordPress, então tome cuidado. É melhor procurar outro local. Mas em si é possível conseguir ele de graça pelo site da fundação WordPress.

3 – Personalize

Para fazer a personalização de um site WordPress e deixar ele a sua cara, você precisa acessar o painel do sistema seguindo a seguinte lógica “www.seusite.com.br/wp-admin”.

Neste momento você terá acesso a uma série de opções de menu, onde haverá a possibilidade de se colocar a logomarca do site e até mesmo criar postagens e páginas personalizadas.

Uma dica é procurar plugins que facilitem o seu trabalho de construção e até mesmo que aumentem a sua funcionalidade.

Um exemplo clássico é o Yoast SEO que te permite alterar várias informações no site para te colocar à frente nas pesquisas do Google. Ou então o Elementor, que permite criar páginas personalizadas através de um editor arrasta e solta.

Por outro lado, é interessante também levar em conta que alguns plugins, principalmente aqueles desconhecidos. Podem fatalmente trazer vulnerabilidades e até mesmo serem ameaças à segurança.

Por isso não coloque algo que não tenha sido muito bem avaliado ou que você não tenha certeza.

4 – Insira conteúdos

Por último é só inserir os conteúdos conforme você for fazendo. Lembrando que esta é uma ferramenta ideal para se criar sites do estilo blog, mas que também pode ser utilizada para portfólio, e-commerce e outras aplicações.

Se quiser realmente ter resultados profissionais, então comece a fazer cursos online diretamente voltado ao WordPress. Isto facilita que você tenha competência para resolver a maioria dos problemas.

E claro, criar soluções e possibilidades ainda melhores para o seu dia a dia.

No mais é isso, espero que estas dicas tenham sido úteis. Qualquer dúvida sobre o assunto estou à disposição para te ajudar, ok?

Até a nossa próxima dica!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Fredson

Fredson

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Otimizado por Lucas Ferraz.