Pix Troco e Pix Saque: O que é e como funciona esse novo sistema

Pix Troco e Pix Saque: O que é e como funciona esse novo sistema

No início do mês de maio, o Banco Central lançou duas novas propostas ao Sistema brasileiro de pagamentos instantâneos, relacionadas ao serviço do Pix: o Pix Troco e o Pix Saque. O usuário poderá fazer saques em estabelecimentos comerciais e no outro poderá efetuar o pagamento de uma compra com um valor maior por meio do Pix e receber o troco em dinheiro vivo.

Instituições financeiras que não tem agências físicas ou caixas eletrônicos terão o direito negociar com lojas e estabelecimentos comerciais para prestar saques com custos mais baixos.

Além da praticidade, a nova modalidade atenderá melhor as necessidades do consumidor e certamente crescerá a competitividade entre os serviços financeiros. De acordo com a proposta do Banco Central, as pessoas terão direito a quatro saques sem custos por mês, seja Pix Saque ou Pix Troco. As instituições interessadas em participar poderão cobrar pelos saques subsequentes que o usuário vier a fazer.

Dessa forma, o Banco Central colocará um valor médio em que o consumir poderá sacar diariamente. Até então, a proposta permite um limite de R$500 (quinhentos reais), mas o valor pode sofrer mudanças, com uma consulta pública que será realizada para ver o nível de aceitação do novo serviço.

As instituições financeiras ainda podem definir alguns outros pontos com os comércios, por exemplo, horários e dias que esse tipo de serviço estará funcionando, se ambos os serviços de Pix estarão disponíveis ou apenas um e as condições para fazer o saque, como retiradas de valores múltiplos de 10.

Consulta Pública sobre o Pix Troco e o Pix Saque

Essa é uma forma encontrada para que a população opine e participe de decisões relacionadas à administração pública. Ao final, as contribuições são analisadas e enviadas para os órgãos responsáveis pela tomada de decisão.

Ainda não há uma data certa para o serviço de Pix Troco e Pix Saque entrar em vigor, mas a previsão é que passe a valer ainda no segundo semestre de 2021. Ainda terá uma série de discussões para análises e sugestões sobre o novo serviço, para ai chegar a uma conclusão exata. Até lá, a Consulta Pública Nº 87/2021 estará aberta até o dia 9 de junho para correntistas e clientes de todo o país.

Benefícios e Funcionalidades do Pix Saque e Pix Troco

Esse tipo de serviço beneficiará os comerciantes e lojistas, pois levará novos clientes para o estabelecimento e diminuir o dinheiro em espécie no caixa da loja, um método até mais seguro contra roubos.

O Pix Troco é uma opção que chama atenção de comerciantes, pois o cliente poderá pagar em uma compra, por exemplo, R$50 por um produto que vale R$30 e receber de troco, em espécie R$20.

No caso do Pix Saque, o consumidor abrirá o aplicativo do banco no celular, apontará a câmera do celular para o código QR em um equipamento da loja para a transação ser autenticada no Pix e o valor ser transferido.

Leta também: Aplicativos para ganhar dinheiro no celular.

Novidades relacionadas ao PIX

Além disso, dois novos serviços do Pix estão previstos para ser lançados ainda este ano ou em 2022, como Pix Cobrança, ferramenta que permitirá cobranças com vencimentos em datas futuras, que começou a funcionar no dia 14 de maio.

O Banco Central pretende lançar também o iniciador de pagamento no Pix, o projeto Open Banking, e ao sistema de compartilhamento de dados entre clientes e instituições financeiras, o Pix por Aproximação.

Outra novidade é ter o QR Code offline, situação em que o pagador ou recebedor estiver sem internet poderá efetuar os pagamentos assim mesmo. E por último, o Pix Garantido e o débito automático serão lançados apenas no segundo semestre do próximo ano.

Este artigo foi produzido em parceria com Dificio © – seu dicionário de finanças, investimentos e contabilidade.

Fredson

Fredson

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Como Criar um Site no WordPress?

Como Criar um Site no WordPress?

Quem diria que a internet se tornaria o que é hoje? Pode parecer estranho, mas que nasceu a 30 ou até mesmo 25 anos atrás, não imaginaria a internet como algo além ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.